Relatório Diário Automático
19/Ago/2019

Este documento foi criado automaticamente pelo Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em Cachoeira Paulista, SP, Brasil. Envie comentários e consultas a queimadas@inpe.br. É permitido distribuir e reproduzir as informações aqui contidas, bem como criar outros documentos a partir delas, desde que seja citada a fonte: "INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, 2019.  Portal do Monitoramento de Queimadas e Incêndios. Disponível em http://www.inpe.br/queimadas."

Índice

  1. Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 anos
  2. Gráfico de focos acumulados por país neste ano
  3. Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 meses
  4. Gráfico de focos acumulados por país neste mês
  5. Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 dias
  6. Gráfico de focos acumulados por país ontem
  7. Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 anos
  8. Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro neste ano
  9. Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 meses
  10. Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro neste mês
  11. Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 dias
  12. Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro ontem
  13. Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 anos
  14. Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados neste ano
  15. Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 meses
  16. Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados neste mês
  17. Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 dias
  18. Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados ontem
  19. Mapa de focos nas últimas 48 horas
  20. Mapa de risco de fogo previsto para hoje e amanhã
  21. Mapa de precipitação acumulada prevista para hoje e amanhã
  22. Mapa de umidade relativa mínima prevista para hoje e amanhã
  23. Mapa de temperatura máxima prevista para hoje e amanhã
  24. Mapa de precipitação acumulada em 24 horas
  25. Mapa de número de dias consecutivos sem chuva
  26. Mapa de umidade relativa mínima observada em 24 horas
  27. Mapa de temperatura máxima observada em 24 horas
  28. Mapa de vento médio observado em 24 horas
  29. Mapa de material particulado integrado na coluna (dp ≤ 2,5 µm) valor máximo do dia

Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 anos

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre os dias 01/Jan e 18/Ago de cada ano, de 2015 a 2019.

Localidade 2019 Dif. 2018 Dif. 2017 Dif. 2016 Dif. 2015 Dif.
Brasil 66.935 71% 39.194 -21% 49.890 -24% 65.713 37% 47.804 1%
Argentina 10.823 -39% 17.668 5% 16.873 24% 13.583 1% 13.443 75%
Bolivia 13.959 75% 7.978 1% 7.905 -50% 15.928 378% 3.331 9%
Chile 2.913 -4% 3.036 -52% 6.288 150% 2.518 -42% 4.342 47%
Colombia 14.035 -14% 16.334 51% 10.782 -32% 15.863 24% 12.745 -14%
Ecuador 249 -58% 586 118% 269 -20% 338 13% 300 156%
Falkland Islands - - - - - - 3 - - -
French Guiana 11 120% 5 67% 3 -82% 17 240% 5 -69%
Guyana 886 147% 358 33% 270 -64% 753 50% 503 6%
Paraguay 8.567 -7% 9.207 -21% 11.616 18% 9.837 63% 6.040 8%
Peru 4.443 63% 2.727 -12% 3.085 -41% 5.239 136% 2.217 1%
Suriname 159 124% 71 145% 29 -47% 55 -47% 103 69%
Uruguay 304 1% 301 24% 243 22% 199 -80% 979 387%
Venezuela 26.426 19% 22.201 79% 12.410 -32% 18.334 19% 15.376 -22%
A diferença mostrada em 2015 foi calculada em relação a 2014.

Gráfico de focos acumulados por país neste ano

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre o início deste ano (01/Jan/2019) e ontem (18/Ago/2019).

Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 meses

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre os dias 01 e 18 de cada mês, de Abr/2019 a Ago/2019.

Localidade Ago/2019 Dif. Jul/2019 Dif. Jun/2019 Dif. Mai/2019 Dif. Abr/2019 Dif.
Brasil 28.370 112% 13.394 85% 7.258 145% 2.963 4% 2.842 -45%
Argentina 3.838 41% 2.720 223% 841 300% 210 -65% 602 -32%
Bolivia 8.395 227% 2.566 96% 1.309 101% 651 106% 316 53%
Chile 46 -29% 65 23% 53 -89% 478 -47% 907 46%
Colombia 386 -36% 600 365% 129 -46% 237 -88% 1.924 -50%
Ecuador 61 65% 37 185% 13 -57% 30 -9% 33 3%
French Guiana - - - - - - 1 - - -
Guyana 2 -67% 6 20% 5 25% 4 -99% 288 -16%
Paraguay 2.259 6% 2.126 88% 1.131 901% 113 -43% 197 -73%
Peru 2.828 311% 688 35% 511 306% 126 -3% 130 189%
Suriname - - 2 0% 2 0% 2 -96% 45 -50%
Uruguay 92 21% 76 262% 21 -50% 42 17% 36 89%
Venezuela 340 31% 259 92% 135 -89% 1.254 -78% 5.793 -23%
A diferença mostrada em Abr/2019 foi calculada em relação a Mar/2019.

Gráfico de focos acumulados por país neste mês

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre o início deste mês (01/Ago/2019) e ontem (18/Ago/2019).

Tabela de focos acumulados por país nos últimos 5 dias

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul entre os dias 14/Ago/2019 e 18/Ago/2019.

Localidade 18/Ago/2019 Dif. 17/Ago/2019 Dif. 16/Ago/2019 Dif. 15/Ago/2019 Dif. 14/Ago/2019 Dif.
Brasil 1.224 - - - - - 2.375 -13% 2.744 -6%
Argentina 84 - - - - - 147 -75% 577 140%
Bolivia 1.090 - - - - - 274 -80% 1.404 194%
Chile - - - - - - 3 - - -
Colombia 14 - - - - - 8 -67% 24 1.100%
Ecuador - - - - - - 2 0% 2 -88%
Paraguay 222 - - - - - 184 -17% 223 -16%
Peru 44 - - - - - 269 438% 50 67%
Uruguay 16 - - - - - 1 -88% 8 -
Venezuela 19 - - - - - - - - -
A diferença mostrada em 14/Ago/2019 foi calculada em relação a 13/Ago/2019.

Gráfico de focos acumulados por país ontem

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por país da América do Sul ontem (18/Ago/2019).

Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 anos

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre os dias 01/Jan e 18/Ago de cada ano, de 2015 a 2019.

Localidade 2019 Dif. 2018 Dif. 2017 Dif. 2016 Dif. 2015 Dif.
ACRE 1.975 136% 837 8% 775 -56% 1.774 267% 484 25%
ALAGOAS 69 13% 61 -26% 82 5% 78 -60% 196 70%
AMAPÁ 13 -61% 33 106% 16 -52% 33 -23% 43 -2%
AMAZONAS 6.511 133% 2.800 -39% 4.595 11% 4.155 59% 2.614 45%
BAHIA 2.124 82% 1.169 -19% 1.450 -38% 2.353 41% 1.672 17%
CEARÁ 284 -6% 303 66% 183 -58% 434 34% 324 24%
DISTRITO FEDERAL 54 46% 37 -63% 101 -36% 159 238% 47 -61%
ESPÍRITO SANTO 222 164% 84 0% 84 -77% 359 44% 250 119%
GOIÁS 1.549 20% 1.296 -23% 1.681 -26% 2.268 52% 1.494 -16%
MARANHÃO 4.363 19% 3.677 -15% 4.324 -29% 6.095 -11% 6.864 5%
MATO GROSSO 13.109 82% 7.220 -12% 8.231 -35% 12.746 56% 8.185 -11%
MATO GROSSO DO SUL 3.515 233% 1.054 -55% 2.325 14% 2.038 9% 1.862 103%
MINAS GERAIS 2.327 55% 1.497 -17% 1.811 -34% 2.726 91% 1.426 -36%
PARÁ 7.975 155% 3.126 -65% 8.916 25% 7.145 2% 7.027 14%
PARAÍBA 73 14% 64 60% 40 -41% 68 -11% 76 -34%
PARANÁ 1.542 8% 1.423 -7% 1.533 -11% 1.720 48% 1.160 23%
PERNAMBUCO 127 38% 92 -25% 123 48% 83 -65% 240 47%
PIAUÍ 1.796 -35% 2.770 86% 1.492 -28% 2.086 -10% 2.325 -21%
RIO DE JANEIRO 353 163% 134 -43% 237 -29% 332 -1% 337 3%
RIO GRANDE DO NORTE 51 -31% 74 10% 67 34% 50 -36% 78 39%
RIO GRANDE DO SUL 1.518 61% 942 -30% 1.346 -38% 2.160 146% 879 -12%
RONDÔNIA 4.979 169% 1.848 -23% 2.406 -16% 2.857 25% 2.279 51%
RORAIMA 4.606 133% 1.981 227% 605 -83% 3.529 135% 1.499 -15%
SANTA CATARINA 844 5% 807 -21% 1.027 -24% 1.351 117% 624 61%
SÃO PAULO 1.398 -33% 2.088 35% 1.547 -26% 2.102 108% 1.012 -43%
SERGIPE 62 -16% 74 9% 68 -1% 69 -54% 151 122%
TOCANTINS 5.496 48% 3.703 -23% 4.825 -31% 6.943 49% 4.656 -9%
A diferença mostrada em 2015 foi calculada em relação a 2014.

Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro neste ano

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre o início deste ano (01/Jan/2019) e ontem (18/Ago/2019).

Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 meses

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre os dias 01 e 18 de cada mês, de Abr/2019 a Ago/2019.

Localidade Ago/2019 Dif. Jul/2019 Dif. Jun/2019 Dif. Mai/2019 Dif. Abr/2019 Dif.
ACRE 1.600 488% 272 353% 60 82% 33 450% 6 200%
ALAGOAS 2 0% 2 -33% 3 -40% 5 0% 5 -55%
AMAPÁ 5 25% 4 - - - - - - -
AMAZONAS 4.813 251% 1.371 2.305% 57 171% 21 110% 10 -91%
BAHIA 199 -41% 337 81% 186 31% 142 1% 141 -70%
CEARÁ 44 144% 18 100% 9 200% 3 200% 1 -67%
DISTRITO FEDERAL 13 -57% 30 400% 6 - - - - -
ESPÍRITO SANTO 15 -81% 78 311% 19 90% 10 -52% 21 -5%
GOIÁS 357 -11% 403 86% 217 62% 134 61% 83 -40%
MARANHÃO 1.491 38% 1.078 44% 749 439% 139 121% 63 11%
MATO GROSSO 4.333 86% 2.326 8% 2.151 92% 1.118 58% 708 -40%
MATO GROSSO DO SUL 1.196 60% 748 88% 397 251% 113 61% 70 -56%
MINAS GERAIS 589 -27% 808 151% 322 125% 143 68% 85 -33%
PARÁ 5.618 289% 1.443 358% 315 294% 80 111% 38 -17%
PARAÍBA 11 175% 4 100% 2 -33% 3 - - -
PARANÁ 591 41% 418 57% 266 466% 47 -20% 59 31%
PERNAMBUCO 3 -40% 5 0% 5 -58% 12 9% 11 -27%
PIAUÍ 607 8% 561 65% 340 407% 67 168% 25 -46%
RIO DE JANEIRO 87 -38% 141 200% 47 161% 18 - - -
RIO GRANDE DO NORTE 18 350% 4 300% 1 - - - 1 -50%
RIO GRANDE DO SUL 750 98% 379 183% 134 415% 26 -52% 54 -43%
RONDÔNIA 3.870 396% 780 359% 170 240% 50 92% 26 -7%
RORAIMA - - 4 100% 2 -90% 21 -98% 1.134 -53%
SANTA CATARINA 463 145% 189 82% 104 3.367% 3 -75% 12 -45%
SÃO PAULO 346 -12% 393 36% 290 258% 81 4% 78 -8%
SERGIPE - - - - - - 4 100% 2 -83%
TOCANTINS 1.349 -16% 1.598 14% 1.406 104% 690 230% 209 155%
A diferença mostrada em Abr/2019 foi calculada em relação a Mar/2019.

Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro neste mês

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre o início deste mês (01/Ago/2019) e ontem (18/Ago/2019).

Tabela de focos acumulados por estado brasileiro nos últimos 5 dias

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil entre os dias 14/Ago/2019 e 18/Ago/2019.

Localidade 18/Ago/2019 Dif. 17/Ago/2019 Dif. 16/Ago/2019 Dif. 15/Ago/2019 Dif. 14/Ago/2019 Dif.
ACRE 71 - - - - - 114 -45% 207 667%
ALAGOAS 2 - - - - - - - - -
AMAZONAS 196 - - - - - 285 -67% 875 61%
BAHIA 4 - - - - - 13 -54% 28 -
CEARÁ 12 - - - - - - - 8 167%
ESPÍRITO SANTO 3 - - - - - - - 2 -
GOIÁS 1 - - - - - 96 174% 35 -13%
MARANHÃO 57 - - - - - 49 -71% 167 1.756%
MATO GROSSO 119 - - - - - 552 94% 285 -39%
MATO GROSSO DO SUL 264 - - - - - 91 78% 51 -30%
MINAS GERAIS 21 - - - - - 57 -11% 64 3%
PARÁ 238 - - - - - 470 253% 133 -87%
PARAÍBA 1 - - - - - - - - -
PARANÁ 9 - - - - - 121 505% 20 -81%
PIAUÍ 45 - - - - - 41 -48% 79 394%
RIO DE JANEIRO 7 - - - - - - - 7 -56%
RIO GRANDE DO NORTE 3 - - - - - 2 - - -
RIO GRANDE DO SUL 16 - - - - - 114 613% 16 -41%
RONDÔNIA 141 - - - - - 123 -82% 665 93%
SANTA CATARINA - - - - - - 83 1.086% 7 -93%
SÃO PAULO 8 - - - - - 59 211% 19 12%
TOCANTINS 6 - - - - - 105 38% 76 3%
A diferença mostrada em 14/Ago/2019 foi calculada em relação a 13/Ago/2019.

Gráfico de focos acumulados por estado brasileiro ontem

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por estado do Brasil ontem (18/Ago/2019).

Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 anos

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre os dias 01/Jan e 18/Ago de cada ano, de 2015 a 2019. Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados entre o início deste ano (01/Jan/2019) e ontem (18/Ago/2019).

Localidade 2019 Dif. 2018 Dif. 2017 Dif. 2016 Dif. 2015 Dif.
CORUMBÁ, MATO GROSSO DO SUL 1.911 1.102% 159 -87% 1.218 27% 958 3% 926 183%
APUÍ, AMAZONAS 1.878 290% 481 -47% 911 165% 344 -35% 528 23%
ALTAMIRA, PARÁ 1.840 562% 278 -82% 1.510 102% 748 -26% 1.009 -1%
PORTO VELHO, RONDÔNIA 1.654 138% 694 -27% 947 -5% 999 9% 918 89%
SÃO FÉLIX DO XINGU, PARÁ 1.392 834% 149 -91% 1.734 401% 346 -67% 1.037 65%
CARACARAÍ, RORAIMA 1.379 173% 506 613% 71 -92% 898 363% 194 -28%
LÁBREA, AMAZONAS 1.296 94% 668 32% 507 -15% 597 78% 335 213%
NOVO PROGRESSO, PARÁ 1.273 424% 243 -65% 691 17% 592 -21% 749 -23%
COLNIZA, MATO GROSSO 977 449% 178 -38% 289 -7% 310 -31% 447 3%
FORMOSO DO ARAGUAIA, TOCANTINS 743 54% 482 -14% 563 -14% 655 358% 143 -2%
A diferença mostrada em 2015 foi calculada em relação a 2014.

Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados neste ano

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre o início deste ano (01/Jan/2019) e ontem (18/Ago/2019). Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados.

Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 meses

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre os dias 01 e 18 de cada mês, de Abr/2019 a Ago/2019. Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados entre o início deste mês (01/Ago/2019) e ontem (18/Ago/2019).

Localidade Ago/2019 Dif. Jul/2019 Dif. Jun/2019 Dif. Mai/2019 Dif. Abr/2019 Dif.
ALTAMIRA, PARÁ 1.578 569% 236 1.586% 14 250% 4 300% 1 0%
PORTO VELHO, RONDÔNIA 1.318 347% 295 1.183% 23 229% 7 600% 1 -75%
APUÍ, AMAZONAS 1.205 81% 667 22.133% 3 50% 2 - - -
LÁBREA, AMAZONAS 1.165 879% 119 1.090% 10 - - - - -
SÃO FÉLIX DO XINGU, PARÁ 1.127 417% 218 772% 25 127% 11 267% 3 -25%
NOVO PROGRESSO, PARÁ 1.035 364% 223 1.615% 13 - - - - -
COLNIZA, MATO GROSSO 872 977% 81 406% 16 300% 4 - - -
CORUMBÁ, MATO GROSSO DO SUL 694 75% 397 119% 181 262% 50 85% 27 -64%
NOVO ARIPUANÃ, AMAZONAS 549 261% 152 4.967% 3 - - - - -
ITAITUBA, PARÁ 535 318% 128 885% 13 - - - 1 0%
A diferença mostrada em Abr/2019 foi calculada em relação a Mar/2019.

Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados neste mês

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre o início deste mês (01/Ago/2019) e ontem (18/Ago/2019). Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados.

Tabela dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados nos últimos 5 dias

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil entre os dias 14/Ago/2019 e 18/Ago/2019. Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados ontem (18/Ago/2019).

Localidade 18/Ago/2019 Dif. 17/Ago/2019 Dif. 16/Ago/2019 Dif. 15/Ago/2019 Dif. 14/Ago/2019 Dif.
CORUMBÁ, MATO GROSSO DO SUL 180 - - - - - 62 72% 36 -32%
LÁBREA, AMAZONAS 97 - - - - - 29 -91% 341 610%
ALTAMIRA, PARÁ 82 - - - - - 128 - - -
PORTO VELHO, RONDÔNIA 66 - - - - - 18 -93% 266 151%
SÃO FÉLIX DO XINGU, PARÁ 57 - - - - - 133 224% 41 -83%
PORTO MURTINHO, MATO GROSSO DO SUL 43 - - - - - 15 200% 5 0%
BOCA DO ACRE, AMAZONAS 37 - - - - - 28 -49% 55 -
FEIJÓ, ACRE 31 - - - - - 39 -17% 47 1.075%
TARAUACÁ, ACRE 29 - - - - - 16 -64% 45 543%
ITAITUBA, PARÁ 28 - - - - - 43 438% 8 -93%
A diferença mostrada em 14/Ago/2019 foi calculada em relação a 13/Ago/2019.

Gráfico dos 10 municípios brasileiros com mais focos acumulados ontem

Número de focos do satélite de referência (AQUA_M-T) acumulados por município do Brasil ontem (18/Ago/2019). Estão listados apenas os 10 municípios com o maior número de focos acumulados.

Mapa de focos nas últimas 48 horas

Ontem (18/Ago/2019)
Ontem (18/Ago/2019)

nº. de focos

Mapa de risco de fogo previsto para hoje e amanhã

Previsão gerada hoje (19/Ago/2019) com dados ambientais dos últimos 120 dias e prognósticos dos modelos regional ETA 15 km (América do Sul) e Global T213 63 km (América Central, Caribe e México) do CPTEC, com inicialização em 19/Ago/2019 0h UTC.

Hoje (19/Ago/2019)
Amanhã (20/Ago/2019)

risco

Mapa de precipitação acumulada prevista para hoje e amanhã

Previsão gerada hoje (19/Ago/2019) com dados ambientais dos últimos 120 dias e prognósticos dos modelos regional ETA 15 km (América do Sul) e Global T213 63 km (América Central, Caribe e México) do CPTEC, com inicialização em 19/Ago/2019 0h UTC.

Hoje (19/Ago/2019)
Amanhã (20/Ago/2019)

mm

Mapa de umidade relativa mínima prevista para hoje e amanhã

Hoje (19/Ago/2019)
Amanhã (20/Ago/2019)

%

Mapa de temperatura máxima prevista para hoje e amanhã

Hoje (19/Ago/2019)
Amanhã (20/Ago/2019)

°C

Mapa de precipitação acumulada em 24 horas

Precipitação acumulada nas últimas 24 horas, gerada pela composição dos dados medidos nas estações terrestres (PCD e rede Synop) de diversos órgãos, com as estimativas do GPM/NASA por meio do algoritmo Cosch/DSA com resolução espacial de 25 km reamostrada para 1 km.

De ontem (18/Ago/2019 12h UTC) a hoje (19/Ago/2019 12h UTC)

mm

Mapa de número de dias consecutivos sem chuva

Número de dias consecutivos sem chuva, gerado considerando "sem chuva" os dados de precipitação acumulada menor que 1 mm.

nº. de dias

Mapa de umidade relativa mínima observada em 24 horas

De ontem (18/Ago/2019 12h UTC) a hoje (19/Ago/2019 12h UTC)

%

Mapa de temperatura máxima observada em 24 horas

De ontem (18/Ago/2019 12h UTC) a hoje (19/Ago/2019 12h UTC)

°C

Mapa de vento médio observado em 24 horas

De ontem (18/Ago/2019 12h UTC) a hoje (19/Ago/2019 12h UTC)

m/s

Mapa de material particulado integrado na coluna (dp ≤ 2,5 µm) valor máximo do dia

mg/m²

Informações adicionais

Outros produtos recomendados do Programa Queimadas do INPE.



Agradecimentos



Contato

Programa Queimadas
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
Av. dos Astronautas, 1758
Jardim da Granja
São José dos Campos, SP 12227-010
Brasil
www.inpe.br/queimadas
queimadas@inpe.br
+55 (12) 3208-6652