Fale Conosco
:: Domingo, 26 de Março de 2017 
A A A





Valid XHTML 1.0 Strict  CSS válido!
Sensoriamento Remoto

Linhas de Pesquisa

As Linhas de Pesquisa em que atuam os Docentes do Curso de Pós-Graduação em Sensoriamento Remoto são:



Sensoriamento Remoto Aplicado à Agricultura:

A linha de P&D em Sensoriamento Remoto Aplicado à Agricultura objetiva gerar conhecimentos e metodologias voltadas para: estimar área plantada e produtividade de culturas agrícolas; avaliar o desempenho e potencial de novos sensores; desenvolver métodos de processamentos de imagens; incorporar a tecnologia de SIG e de GPS para auxiliar na análise das imagens; contribuir de forma efetiva na elaboração de métodos e sistemas operacionais para estimativa e previsão de safra. São usadas imagens de sensores de média resolução espacial (Landsat/TM ou ETM+, CBERS/CCD, SPOT...) e baixa resolução espacial (NOAA/AVHRR, CBERS/WFI, MODIS, SPOT/VEGETATION). Eventualmente, imagens de sensores de alta resolução espacial são também utilizados em pequenas áreas para fins de amostragem (IKONOS, Quick Bird).

As linhas de atuação do programa são:

• Uso de sensoriamento remoto para a estimativa de área plantada com culturas agrícolas;
• Imagens de sensores com alta freqüência de revisita no suporte à estimativa de produtividade de culturas agrícolas por meio de modelagem agrometeorológica;
• Uso de técnicas de sensoriamento remoto, geoprocessamento e sistemas amostrais para estimativa de área plantada com grandes culturas em nível municipal, regional, estadual e nacional;
• Experimentação agronômica para o estabelecimento de relações entre variáveis espectrais e parâmetros biofísico.


Sensoriamento Remoto Aplicado à Geologia:

O Programa P&D em Sensoriamento Remoto Aplicado à Geologia busca colocar à disposição dos geocientistas a tecnologia espacial, através de dados orbitais adquiridos nos espectros do sensoriamento remoto óptico e infra-vermelho médio e termal (SPOT, Landsat, ASTER) e de microondas (ERS-1/ERS-2, JERS-1 e RADARSAT-1). O desenvolvimento desta linha inclui a formação de recursos humanos através dos cursos de mestrado e doutorado em Sensoriamento Remoto São ampliaadas as situações favoráveis de uso da tecnologia em aplicações geológicas, correspondendo aos desafios da atual tendência que disponibiliza dados de radar de elevada resolução espacial (distinta geometria de visada e estereoscopia) e dados ópticos de elevada resolução espectral (multiespectrais e hiperespectrais).

As linhas de atuação do programa são:

• Discriminação multi-espectral e hiper-espectral de alvos geológicos;
• Fotogeologia com imagens orbitais;
• Tecnologia de GIS em aplicações geológicas;
• Sensoriamento remoto por radar em geologia.


Processos da Hidrosfera:

O programa de P&D em Processos da Hidrosfera trata da solução dos inúmeros e complexos problemas gerados pela atividade humana sobre os ambientes aquáticos (marinho, costeiro e continental), buscando compreender seus processos de evolução no espaço e no tempo. Essa percepção resulta da constatação muito simples, de que tudo o que se observa hoje, no meio natural, deriva de um processo evolutivo em constante mudança. As iniciativas científicas voltadas ao estudo da Hidrosfera no INPE são orientadas para privilegiar a área de pesquisas sobre a previsibilidade do comportamento de variáveis ambientais e suas correlações com a produtividade sócio-econômica, as flutuações climáticas os recursos do mar, e os recursos hídricos.

As linhas de pesquisa em andamento são:

• Processos Oceânicos e Costeiros;
• Ecossistemas Marinhos;
• Tecnologia de GIS em aplicações geológicas;
• Monitoramento Ambiental dos Sistemas Aquáticos.


Ecossistemas Terrestres:

O programa de P&D em Sensoriamento Remoto no Estudo de Ecossistemas Terrestres tem como objetivo o desenvolvimento de metodologias de tratamento de dados coletados remotamente, geração de produtos temáticos, modelagem ambiental e a capacitação de pessoal para avaliar o quadro atual e os processos hidrológicos e de produção primária dos principais ecossistemas brasileiros (Mata Atlântica, Cerrado, Amazônia).

Esse programa atua em quatro linhas de pesquisa:

• Classificação e Monitoramento;
• Dinâmica do uso da terra;
• Modelagem de processos.


Geoprocessamento:

Realiza pesquisas em Ciência da Geoinformação para construir metodologias e aplicações inovadoras que utilizam as diferentes representações computacionais do espaço geográfico.

As áreas de atuação do programa incluem:

• Mudanças de Uso da Terra;
• Estudos Urbanos;
• Saúde Pública;
• Modelagem Ambiental;
• Estatística Espacial.


Comportamento Espectral de Alvos:

O programa P&D em Comportamento Espectral de Alvos objetiva estimular a formação de recursos humanos que possam atuar nas mais variadas linhas de pesquisa ou aplicações envolvendo estudos do comportamento espectral de alvos, incluindo as faixas do visível, infravermelho próximo e infravermelho termal. Busca-se também avaliar o desempenho dos sensores de alta resolução espectral para aplicações em ambientes tropicais.

As linhas de atuação dentro do programa são:

• Propriedades Espectrais de Culturas Agrícolas e Solos, por Radiometria e Modelagem;
• Caracterização Espectral da Vegetação;
• Detecção da Radiação e Caracterização de sua Interação com a Atmosfera;
• Sensoriamento Remoto Hiperespectral;
• Estudo do Comportamento Espectral de Águas.


Sistemas e Métodos de Planejamento e Gestão Territorial:

A linha de P&D em Sistemas e Métodos de Planejamento e Gestão Territorial objetiva desenvolver técnicas na área de sensoriamento remoto aplicado ao estudo do ambiente urbano; desenvolver novas abordagens para atender a demanda municipal em resposta à disponibilidade de sensores de alta resolução espacial; dar continuidade ao desenvolvimento de metodologias que subsidiam a gestão do território e; desenvolver metodologias para monitoramento e manejo dos ambientes urbanos e rurais.

As linhas de atuação dentro do programa são:

• Geoinformação para Gestão Municipal;
• Gestão Ambiental;
• Detecção da Radiação e Caracterização de sua Interação com a Atmosfera;
• Zoneamento Ecológico-Econômico.


Processamento de Imagens:

As pesquisas deste grupo estão fortemente integradas com os programas de pós-graduação das áreas de Sensoriamento Remoto e Computação Aplicada e com as diversas aplicações na área de Sensoriamento Remoto.

As principais linhas de pesquisa são:

• Processamento e Análise de Imagens Ópticas e Novos Sensores;
• Processamento e Análise de Imagens de Radar;
• Morfologia Matemática.