Fale Conosco
:: Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
English | Português You Tube RSS Facebook Twitter
A A A







Valid XHTML 1.0 Strict  CSS válido!

Notícias

Compartilhe:
Brasil reitera seu compromisso com a iniciativa regional AmeriGEOSS durante a Plenária do GEO na capital americana

Terça-feira, 31 de Outubro de 2017

Durante a semana de 23 a 27 de outubro de 2017, a comunidade do Grupo de Observação da Terra (GEO) se reuniu em Washington, DC, para a GEO Week, composta por eventos paralelos, exposição técnica e reunião plenária do GEO.

Organização intergovernamental que conta com 104 países, a Comissão Europeia e 115 organismos internacionais, o GEO está construindo um sistema global, denominado GEOSS, que permite o melhor acesso da sociedade aos dados in situ e os obtidos por satélites a fim de contribuir para os processos de tomada de decisão que envolvem o uso e aplicações de observação da Terra, nos setores público e privado. O GEOSS reúne instituições de pesquisa do mundo inteiro para ampliar a capacidade de monitoramento ambiental do planeta e tem a missão de transformar os dados coletados em informação vital para a sociedade.

Fizeram parte da delegação brasileira o Primeiro Secretário Rodrigo Castro, da Divisão do Mar, da Antártida e do Espaço (DMAE) do Itamaraty, a Sra. Luciana Mancini, Conselheira de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cooperação da Embaixada do Brasil em Washington, o Brigadeiro Ricardo Mangrich do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) e a pesquisadora Dr. Lúbia Vinhas, chefe da Divisão de Processamento de Imagens da Coordenação-Geral de Observação da Terra do INPE.

 

Delegação Brasileira na XIV Plenário do GEO. Da esquerda para a direita os representantes do INPE, Embaixada Brasileira, DMAE e COMAER

O Brasil participa do GEO desde o lançamento dessa parceria intergovernamental, na Cúpula de Observação da Terra, em Washington, em junho de 2003. O INPE vem, desde então, prestando assessoria técnica à DMAE na sua atuação no GEO, por ser uma das principais instituições brasileiras centradas em observação da Terra e por considerar que a coordenação dos sistemas de observação da Terra tem trazido contribuições substanciais à instituição e ao país.

Este ano, as atividades do INPE foram revigoradas com a criação do grupo INPE-GEO, instituído pelo diretor do instituto, Dr. Ricardo Galvão, e liderado pelo diretor substituto e coordenador do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), Dr. Divino Moura. “Podemos potencializar a contribuição do INPE ao GEO, principalmente no segmento espacial, por meio do uso e aplicações dos nossos satélites, desenvolvimento e distribuição de produtos e dados, principalmente utilizando o canal GEONetCast Americas, e no desenvolvimento de capacidades técnicas e humanas (Capacity Building) no uso das geotecnologias desenvolvidas no INPE, com aplicações em monitoramento de florestas (TerraAmazon), desastres naturais (TerraMA2) e Hidrologia (TerraHidro)”, destacou o representante do GEO no INPE, Dr. Divino Moura.

Dado o potencial de colaboração, criação de oportunidades conjuntas e visibilidade para iniciativas nacionais, outros institutos brasileiros que lidam com algum aspecto de observação da Terra já vêm contribuindo e se beneficiando com os desenvolvimentos do GEO, nas áreas de agricultura (Companhia Nacional de Abastecimento, CONAB) e Biodiversidade Marinha (Centro de Biologia Marinha, CEBIMar, da USP).

Iniciativa AmeriGEOSS

Com o intuito de promover a colaboração e coordenação entre os membros do GEO no continente americano, os 16 países membros e 2 países observadores do Cáucus Américas criaram, em 2015, a iniciativa regional AmeriGEOSS.

Com base nas necessidades da região, quatro áreas temáticas formam a base técnica da AmeriGEOSS: Agricultura, Redução de Riscos de Desastres, Gerenciamento de Recursos Hídricos e Dados Hidrológicos, e Monitoramento da Biodiversidade e dos Ecossistemas. A prioridade da iniciativa é a construção de capacidades (capacity building) que, em sua transversalidade, engloba a criação de infraestrutura e a disseminação de dados e produtos derivados por meio do sistema GEONetCast Americas, educação e treinamento.

Durante a reunião paralela da iniciativa AmeriGEOSS a Dra. Lúbia fez uma apresentação sobre o envolvimento do INPE no projeto GEONeTCast Americas, ressaltando sua importância em fortalecer o engajamento do GEO na região. O CPTEC do INPE, através do projeto SigmaCast, é um dos responsáveis pelo crescimento da comunidade GEONetCast Americas, contribuindo não apenas com o compartilhamento de produtos meteorológicos gerados pelo INPE, como também com o software SIGMACast que facilita o uso desses dados.

Durante a reunião dos membros do Cáucus Américas, foram confirmadas também as datas para a Semana AmeriGEOSS, a ser realizada nas instalações do INPE em São José dos Campos, de 05 a 09 de agosto de 2018.

Mais informações sobre a GEO Week podem ser obtidas em: http://earthobservations.org/geo14.php(#GEOWeek17)


Compartilhe:
Busca Notícias



Links Relacionados
Número 08
Informativo INPE
05 de Janeiro de 2017