Você está aqui: Página Principal / Comunicação e Comunidade / Sala de Imprensa / Leia na íntegra

Notícia

INPE e Embrapa firmam parceria para o monitoramento ambiental da produção de peixes em Furnas

por INPE
Publicado: Jun 26, 2013
Compartilhamento no FacebookCompartilhamento no Twitter

São José dos Campos-SP, 26 de junho de 2013

Imagem INPE e Embrapa firmam parceria para o monitoramento ambiental da produção de peixes em Furnas

Uma parte dos reservatórios das hidrelétricas está sendo destinada ao estabelecimento de parques aquícolas, para aumentar a produção do pescado nacional. Um rigoroso monitoramento da qualidade da água é indispensável para que as atividades em tanques redes sejam produtivas e ambientalmente sustentáveis.

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) está firmando cooperação com a Embrapa Meio Ambiente para atuar no projeto piloto de melhoria de boas práticas de manejo no parque aquícola do reservatório hidrelétrico de Furnas, em Minas Gerais.

Para isso, será empregado o sistema de monitoramento aquático (SIMA) desenvolvido no começo da década de 1990 pelos pesquisadores do INPE em cooperação com a Univap. Ao longo dos anos, o SIMA vem sendo utilizado em diversos projetos de pesquisa em reservatórios. Seis flutuadores para uso específico no sistema de monitoramento da aquicultura em Furnas já estão sendo finalizados pelo INPE.

“A Embrapa estabeleceu um projeto colaborativo de pesquisa com o INPE tendo em vista a experiência de mais de 15 anos do Grupo Processos da Hidrosfera da Divisão de Sensoriamento Remoto no uso de tecnologia espacial e coleta automática de dados ambientais aquáticos e meteorológicos”, contam os pesquisadores José Stech e João Lorenzzetti, do INPE.

Lançamento do Sistema

O “Projeto de Desenvolvimento de Sistema de Monitoramento para Gestão Ambiental da Aquicultura no Reservário de Furnas” será lançado nesta quinta-feira (27/6) às 9 horas na sede do INPE, em São José dos Campos (SP).

Conduzido pelo diretor do INPE, Leonel Perondi, o evento deve contar com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, representantes do Governo de São Paulo, entre outras autoridades.

Na ocasião, os pesquisadores José Stech e João Lorenzzetti, da Divisão de Sensoriamento Remoto do INPE, apresentarão o uso de tecnologias espaciais como ferramenta para o monitoramento da aquicultura.

O chefe geral da Embrapa Meio Ambiente, Celso Vainer Manzatto, falará sobre o papel dessa instituição no monitoramento ambiental da aquicultura em água da União.


Represa de Furnas - crédito: Fernanda Sampaio


Logo INPE © Todas as matérias e imagens poderão ser reproduzidas, desde que citada a fonte.