Você está aqui: INPE / Comunicação e Comunidade / Sala de Imprensa / Leia na íntegra

Notícia

INPE participa de estudo internacional inédito sobre manejo de nutrientes e poluição ambiental

por INPE
Publicado: Fev 18, 2013
Compartilhamento no FacebookCompartilhamento no Twitter

São José dos Campos-SP, 18 de fevereiro de 2013

Imagem INPE participa de estudo internacional inédito sobre manejo de nutrientes e poluição ambiental

O desafio de aumentar a produção mundial de alimentos e de energia com menor impacto no equilíbrio do planeta é o ponto central do relatório intitulado “Our Nutrient World”, que acaba de ser lançado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. Realizado por cerca de 50 pesquisadores de 14 países, o estudo inédito revela o impacto do nitrogênio, entre outros nutrientes, no aumento da poluição e nas emissões de gases causadores do aquecimento global.

“São muitos os estudos sobre o carbono e pouco se fala sobre o nitrogênio ou fósforo a nível global”, diz Jean Ometto, cientista do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) que participou da elaboração do relatório.

O estudo revela como o homem vem alterando os fluxos naturais de nitrogênio e outros nutrientes, principalmente em razão da necessidade de se utilizar cada vez mais fertilizantes sintéticos na agricultura e pelo tratamento inadequado de efluentes. Embora seja causa de contaminação quando em excesso, o nitrogênio é essencial para a produção agrícola, demonstrando a necessidade do uso racional destes elementos.

“Esse estudo relaciona todos os impactos do nitrogênio para as mudanças ambientais globais, como alterações na composição da atmosfera, água e solo, bem como no equilíbrio climático e na biodiversidade”.

O relatório chama a atenção para o manejo de nutrientes e sugere como melhorar a eficiência no uso do nitrogênio em 20% até 2020. Isso tornaria possível, por exemplo, reduzir a utilização anual de fertilizante nitrogenado em 20 milhões de toneladas, com impactos diretos na segurança alimentar e economia global.

Confira aqui o relatório “Our Nutrient World


Logo INPE © Todas as matérias e imagens poderão ser reproduzidas, desde que citada a fonte.