Você está aqui: Página Principal / Comunicação e Comunidade / Sala de Imprensa / Leia na íntegra

Notícia

Sobrevoo comprova queimadas e desmatamentos verificados por satélites no Mato Grosso

por INPE
Publicado: Out 05, 2012
Compartilhamento no FacebookCompartilhamento no Twitter

São José dos Campos-SP, 05 de outubro de 2012

Imagem Sobrevoo comprova queimadas e desmatamentos verificados por satélites no Mato Grosso

Com o apoio de helicóptero do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), técnicos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) sobrevoaram áreas de queimadas e desmatamentos identificadas por satélites na região de Sinop, no Mato Grosso. A ação, realizada na última semana de setembro, serviu para atestar a veracidade dos dados orbitais.

A região foi escolhida para a análise de campo por concentrar grande número de focos de calor. Em Mato Grosso, apenas em setembro, foram registrados 74.583 focos.  A maior ocorrência de queimadas nesse período foi registrada nos municípios de Feliz Natal (3.883 focos) e Nova Ubiratã (3.603 focos).

A comparação das fotografias feitas durante a missão de campo com as imagens dos satélites é importante para validação dos dados divulgados pelos sistemas de monitoramento. Para este trabalho, foram sobrevoados os municípios de Sinop, Claudia, Santa Carmem, Feliz Natal, Vera, Nova Ubiratã e Tapurah.

As imagens do INPE permitem aos fiscais do Ibama localizar áreas de desmatamento e queimadas irregulares. Durante a missão, a equipe pousou em duas áreas que foram autuadas pela fiscalização do Ibama.

Além das verificações do Grupo de Monitoramento de Queimadas do INPE, também foram analisados pontos de alerta de desmatamento identificados pelo sistema DETER.

As fotografias obtidas durante a missão estão disponíveis em http://www.obt.inpe.br/fototeca/fototeca.html


Helicóptero do Ibama usado no trabalho de campo

 


Desmate com queima detectado pelo INPE com satélites


Fiscal do Ibama autuando queimada e desmatamento ilegais

 


Queima ilegal em forma de "leiras" para preparo agrícola detectada pelo INPE com satélites

 


Imagem do satélite RESOURCESAT de 28/set/2012 mostrando os focos de queima de vegetação detectados pelo monitoramento do INPE

 


Vista do local de queima de vegetação detectado pelos satélites, conforme o sobrevoo de helicóptero


Logo INPE © Todas as matérias e imagens poderão ser reproduzidas, desde que citada a fonte.