Número 02
Informativo INPE - 03 de Setembro de 2015


 

O novo Plano Diretor do INPE (2016-2019), em fase de finalização, contempla metas importantes na área de gestão, dentre elas a contratação de cerca de 400 novos servidores nos próximos dois anos. O alcance dessa meta, segundo o diretor do INPE, Leonel Perondi, é fundamental para que as demais metas técnico-científicas para os próximos quatro anos sejam atingidas. Leia a seguir os principais trechos da entrevista concedida à Gestão de Comunicação Institucional, em que o diretor falou também sobre os impactos dos cortes no orçamento nas atividades do Instituto, sobre o processo de elaboração do Plano Diretor e sobre as atividades de comissionamento do satélite CBERS-4. 

A cobertura de nuvens é o maior obstáculo aos sensores ópticos a bordo de satélites de sensoriamento remoto na detecção de áreas desmatadas da Amazônia Legal. Como as nuvens estão presentes em boa parte do ano nessa região, pesquisadores do INPE estão sempre estudando novas técnicas de processamento para contornar este obstáculo. 

O reconhecimento pela sociedade, governo e comunidade científica da excelência das tecnologias desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) para o monitoramento por satélites da Amazônia impulsiona o avanço sobre os demais biomas brasileiros. Programas e estudos que verificam desmatamentos, a degradação florestal e, também, a ocorrência de queimadas vêm sendo aperfeiçoados ao longo dos anos para atender a cada novo desafio que se apresenta. 

Informativos Anteriores



INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais:

Av. dos Astronautas, 1.758 - Jardim da Granja - CEP 12227-010
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
Tel.: 55 12 3208-6000
www.inpe.br

imprensa