Você está aqui: INPE / Centro Regional Sul de Pesquisas Espaciais / Projetos e Pesquisas / Tempo e Clima

Tempo e Clima

Publicado Por: INPE
Última Modificação: Abr 03, 2018 14h13

As atividades de pesquisa em Tempo e Clima no CRS/INPE se dão através do Laboratório de Meteorologia e Oceanografia por Satélites (LAMOS) e do Laboratório de Instrumentação Meteorológica Marinha e Polar (LIM2P), coordenados pelo pesquisador Dr. Ronald Buss de Souza. A maior parte dos projetos diz respeito a estudos de interação oceano-atmosfera-criosfera, com o financiamendo de agências como CNPq, CAPES, FINEP e FAPERGS. São realizados estudos observacionais no oceano, utilizando-se, na maior parte das vezes, navios de pesquisa do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) sobre os quais se fazem medidas oceanográficas e meteorológicas simultâneas que são usadas para descrever as propriedades da camada limite atmosférica marinha e suas interações com o oceano. Medidas diretas da atmosfera sobre o Oceano Atlântico Sul, Oceano Atlântico Tropical e Oceano Austral (Antártica) são realizadas através do lançamento de radiossondas atmosféricas e através de torres micrometeorológicas que são instaladas na proa dos navios. Dados de satélites também são usados para descrever propriedades da superfície do mar que tem relação com a dinâmica de mesoescala do oceano. Modelos acoplados regionais e globais como o COAWST (Coupled Ocean-Atmosphere-Wave-Sediment Dynamics) e o BESM (Brazilian Earth System Model) são utilizados para estudar e entender processos locais de acoplamento oceano-atmosfera que ocorrem na na costa brasileira e alguns fenômenos de teleconexão entre os polos (Ártico e Antártica) com a América do Sul. O CRS/INPE mantém, na cidade de Rio Grande (RS), uma torre micrometeorológica para estudar os fluxos de calor, momento e gases (vapor d'água e dióxido de carbono) entre a vegetação de marismas (pântanos salgados) e a atmosfera. Essa é uma iniciativa inédita no Brasil para tentar melhor entender o ciclo do carbono em ecossistemas costeiros em vulnerabilidade no país. As atividades de Tempo e Clima do CRS/INPE também contribuem para o Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR), para o projeto INCT da Criosfera , para o projeto SiMCosta (Sistema de Monitoramento da Costa Brasileira) e para o Grupo de Oceanografia de Altas Latitudes (GOAL).


Imagem de Atividade de lançamento de balões a bordo de Navio Polar Almirante Maximiano realizada pelo LAMOS durante a Operação Antártica 35 em outubro de 2018
Atividade de lançamento de balões a bordo de Navio Polar Almirante Maximiano realizada pelo LAMOS durante a Operação Antártica 35 em outubro de 2016.
Imagem de Torre micrometeorológica de fluxos instalada na localidade da Ilha da Pólvora, cidade do Rio Grande (RS)
Torre micrometeorológica de fluxos instalada na localidade da Ilha da Pólvora, cidade do Rio Grande (RS).
Imagem de Torre micrometeorológica de fluxos instalada Navio Polar Almirante Maximiano pelo LAMOS durante a Operação Antártica 34 em outubro de 2017
Torre micrometeorológica de fluxos instalada Navio Polar Almirante Maximiano pelo LAMOS durante a Operação Antártica 34 em outubro de 2015.