15. O que são satélites artificiais?

Os satélites artificiais são construídos pelo homem e permanecem em órbita da Terra a muitos quilômetros da superfície e por longos períodos. Eles começaram a ser construídos e lançados na década de 1950, quando americanos e soviéticos iniciaram seus programas espaciais, numa competição acirrada, conhecida como Corrida Espacial. Assim, a partir de 1957 os satélites artificiais foram colocados em órbita ao redor da Terra, sendo que o primeiro deles (o Sputnik I) foi enviado ao espaço pelos então soviéticos. Eles podem ser vistos a olho nu, geralmente por volta do amanhecer ou do entardecer, dependendo das condições do tempo.
Existem vários tipos de satélites artificiais tais como: os satélites de comunicação, em maior número; os satélites de televisão; os satélites científicos; os satélites espiões ou para fins militares; os satélites meteorológicos e de sensoriamento remoto de recursos terrestres.
Hoje os satélites são fundamentais para diversos tipos de estudos e ações sobre o meio ambiente, como também permitem outras ações em benefício da saúde, das telecomunicações, da defesa do território nacional, entre outras. A partir do lançamento do primeiro satélite brasileiro, o SCD-1 em 1993, o LIT vem realizando sua missão para a qualificação de satélites brasileiros ou desenvolvidos e testados em parceria com instituições estrangeiras. Hoje o LIT é reconhecido como referência, dentro e fora do Brasil, na área de pesquisa, desenvolvimento e qualificação de satélites.